Um Violinista no Telhado - Curiosidades

"Um violinista no telhado": uma fábula sobre as mudanças

O conflito entre a tradição e a mudança serviu de eixo temático para alguns dos principais clássicos da literatura e do cinema. No teatro, “Um violinista no telhado” é a obra que melhor traduz a disputa silenciosa entre os costumes e a sua própria quebra. Tevye é um judeu pobre, leiteiro na pequena cidade russa de Anatevka, onde a vida em tempos de pré-revolução é tão instável como o poleiro de um violinista no telhado. “Talvez perguntem como é que mantemos o equilíbrio? Isso posso vos dizer numa palavra: Tradição”, anuncia Tevye em seu monólogo de abertura, denunciando então a tese que fundamenta toda história: são as tradições que servem de sustento ao povo judaico. Os tempos de mudança (personificados não só pelo contexto pré-revolucionário, mas também pela decisão dos mais jovens de não seguirem certos preceitos) vão por em xeque, porém, até onde esses costumes conseguem chegar sem serem destruídos.
 
  • Imprimir este conteúdo
  • Enviar para um amigo
  • Comentários
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Orkut
  •  
  •  
 
 

Deixe aqui seu comentário